Sonhou a terra e nasceram os poetas. Tantos temas de amor! Tantos profetas! Fala-me de amor poeta, hoje há luar. Há pouco o sol nasceu e me acordou, longo vai ser o dia e ainda não passou. Consumo a claridade que me consome. Resisto.
Terça-feira, 24 de Julho de 2007
Dá-me a tua mão



Dá-me a tua mão para eu sonhar
Vou ver contigo os campos verdejantes
As cascatas sussurrantes e, nas copas das árvores,
O esvoaçar dos pássaros.

Dá-me a tua mão e leva-me a ver o Tejo
Nos veleiros deste sonhar
Vou velejar no alto mar sentindo os teus beijos.

Se nesta ilusão confundir a terra com o mar
O verde com os pássaros
É no desejo de sentir o calor dos teus braços.

É assim nesta ambição de ver mais além
Que eu caminho neste desatino de querer mais ser
De ter a minha mão na tua mão.


Aida Nuno

sinto-me:

publicado por criar e ousar às 22:50
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|

Sexta-feira, 6 de Julho de 2007
Meu Filho Primeiro

  

  

O meu pensamento percorreu oceanos

Onde as estrelas se banhavam

Com a sua claridade vi no firmamento

Árvores e frutos de oiro baloiçando

Vi crianças, fadas, anjos de mãos dadas

Tudo e todos queriam partilhar a minha alegria.

  

Afaguei o meu ventre e sorri

Meu filho vai nascer!

Terá  olhos azuis como os botões daquela árvore

Inteligência e carácter não lhe vão faltar

Será bonito por dentro e por fora.

  

Nasceu de madrugada

Quando a vida parece estar dormindo

Ele ali estava

Como eu o queria, como eu o imaginava.

  

A vida é como um rio, está sempre a correr

As amarguras sim, param a vida

Para nos ver sofrer

Mas tu, meu filho, meu amor, és o meu leito

Quando eu quero repousar.

 

Obrigada, meu filho, pela tua companhia.

 


sinto-me:

publicado por criar e ousar às 23:51
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|

mais sobre mim
E-mail
posts recentes

Os demónios

A Voz das Palavras

Mocidade

Amanhã

Sol de Inverno

A Pedra

Dá-me a tua mão

Meu Filho Primeiro

Pássaro Azul

Ciclo da Fome

Elevação

Esta terra onde habitas

Ilusão

Que Futuro?

Interrogações

Imagens

Tão ao de leve...

Bagatelas

Mãos

Preguiça

Ambição

A Espera

Silêncio

A Máscara

Resgate

favoritos

E o que Fazer?

Partilhar

Aos nossos Filhos

Valorizando a Vida

Mensagem

Os Cristos no Mundo

Ambição

Emigrantes

Afectividade

A Ausência

arquivos

Novembro 2012

Outubro 2011

Setembro 2011

Maio 2011

Dezembro 2007

Outubro 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

tags

todas as tags

links
Page copy protected against web site content infringement by Copyscape
14.02.07
blogs SAPO